A história do 333 WORDS –

O caminho mais rápido para aprender Inglês no Planeta.

Lauren CleaveR começou a ensinar Inglês na Peninsula de Osa na Costa Rica quando ela se mudou para lá em 1999 depois de passar anos trabalhando como promotora no Colorado. Ela rápidamente desenvolveu o 333 Words método de aprendizagem do Idioma Inglês. Lógicamente ela o achou fascinante e esse entusiasmo e sucesso foi emocionante e imcomparável. Quanto mais ela pensava sôbre o método mais ela percebia que era uma método sem igual. Comparando o 333 Words com vários outros métodos tais como como Rosetta Stone e Duolingo, ela encontrou a simplicidade e lógica do seu método 333 Words irresistivelmente atraente. Fazia sentido que as pessoas realmente pudessem aprender o idioma Inglês.

Enquanto ela considerava a sua métodologia, ela descobriu Charles Kay Ogden, um Britânico, que em 1930 criou Basic English  – Inglês Básico – (também conhecido como Inglês Simples) o qual é chamado de linguagem controlada (subconjuntos de linguas naturáes para ajudar a simplificar a linguagem) como uma idioma auxiliar internacional e como um auxilio para o Inglês como secunda língua. Inglês básico, um sistema de 850 palavras, foi amplamente utilizado depois da segunda guerra mundial como objetivo principal de paz mundial. Esse sistema influenciou a Voz do America Inglês especial para transmissão de noticias e tembém para o Inglês simplificado, que é uma linguagem para escrever manuais tecnicos. O método de Inglês Básico usava muito poucos verbos acreditando que a congugação era muito dificil pará lidar. Inglês Básico não funciona bem por duas rasões de acôrdo com Lauren Cleaver. Primeiro, evitar o uso de verbos não faz sentido. E a métodologia de 333 Words de usar as duas palavras mágicas resolver esse problema. Secundo, Inglês Básico tornou-se obsoleto. Muitas das 850 palavras originais ainda estão listadas como necessárias. Embora sejam palavras que não são mais usadas, como carragem e carroça.

Então o método de 333 WORDS tem alguma profundidade histórica.

Lauren Cleaver mais tarde descobriu que um dos seres humanos mais inteligentes do mundo com base no QI, Ms. Marilyn vos Savant (QI 190), acredita que, com um vocabulário de 500 palavras a maioria dos humanos podem comunicar seus desejos e necessidades. Ms. Savant postula que a conversação básica requer cerca de 1000 palavras mais algum conhecimento de tempos verbais. Com o Sistema de 333 WORDS, o pretense falante em Inglês está no caminho certo para comunicar seus desejos e necessidades. 333 Words fornece uma plataforma ideal para lançar o aprendizado de Inglês e vocabulário extra é facilmente adicionado. A estrutura não muda. Alunos que entendem o método de 333 palavras podem facilmente adicionar mais e mais. Na verdade o sistema 333 Words básico está se expandindo para alunos mais avançados – para 444, 555, etc.

333 WORDS também funciona extremamente bem em indústrias específicas – por exemplo, hotel e industria turística. 333 WORDS pode ser adaptado de modo que um determinado grupo de pessoas dentro de uma certa indústria aprende palavras relevantes à sua indústria. 333 WORDS é facilmente adaptável a 333 WORDS para hoteis, 333 WORDS para restaurantes, 333 WORDS para a indústria médica, 333 WORDS para negócios etc… Veja os vários 333 cursos aqui.

333 Words está disponível em Espanhol, Mandarim e Português do Brasil.

Mudando a forma como o mundo se comunica -

333 WORDS de cada vez.